Blog do Marketing

Nem sempre o seu negócio vai vender produtos ou serviços para apenas um tipo de público, existem várias empresas que possuem mais de um perfil de consumidor, e é justamente esse, um dos grandes empecilhos na comunicação de uma empresa. 

 

Uma luva de vaqueta, pode ser vendida para pessoas que trabalham em uma indústria petroquímica ou qualquer trabalhador que se envolva com eletricidade, produtos de pets podem ser comercializados para qualquer um que goste de animais, sem um perfil específico, então como conseguir se comunicar com todos? Esse sem dúvidas, é um grande desafio. 

 

Saber adaptar a linguagem e atingir públicos diferentes de forma efetiva é uma missão extremamente complicada para qualquer empresa, é preciso criar um único site? Ou ter um para cada público? E nas redes sociais, devo ter uma página para cada perfil de consumidor?

 

Se você está confuso sobre como abordar esse leque de possibilidades nós vamos te ajudar, no texto de hoje, separamos dicas que vão te mostrar qual linguagem você deve usar para abordar diferentes públicos, bora conferir? Então vamos lá!

 

Entenda quais são seus públicos

 

O primeiro passo para acertar o tom de sua linguagem é definir quais são seus públicos e as diferenças entre eles, uma empresa que possui um único público-alvo e tem seus produtos destinados a apenas um perfil de consumidor, deve adaptar sua linguagem a atender exclusivamente essa demanda. 

 

Faça uma análise, colete dados, realize pesquisas e entenda esse seu público para que possa se comunicar com ele de maneira efetiva, caso seu negócio possua mais de um público-alvo, aí é preciso revisar seus conceitos e adotar uma outra abordagem. 

 

Assim como a confecção de uniformes, existem tipos diferentes de situações e públicos que podem ser abordados, é possível ter públicos diferentes que se complementam, públicos que são totalmente opostos e até mesmo, públicos distintos mas com o mesmo objetivo. 

 

Abaixo, separamos a linguagem ideal para usar com cada um desses diferentes públicos, confira!

 

Negócios multilaterais ou multiníveis

 

Os negócios multilaterais são aqueles que possuem dois públicos opostos que se complementam mas precisam de linguagem totalmente diferentes, como no caso do Ifood, por exemplo. Com o profissional que realiza a entrega a comunicação funciona de uma forma, enquanto com o cliente, é outra completamente diferente. 

 

Ambos se complementam, mas tem objetivos opostos perante a plataforma, nesse caso, é recomendado usar uma linguagem diferente em ambos os casos, ter sites diferentes e até mesmo redes sociais diferentes. 

 

Talvez, adicionar um business para separar o lado profissional, enquanto o convencional expõem a marca de forma natural, e-mail marketing, canal telefônico e postagens específicas, podem ajudar a definir e separar uma linguagem de acordo com os objetivos de cada público. 

 

Perfis diferentes mas necessidades semelhantes

 

Neste caso, aqui é possível administrar sua linguagem em um único meio de comunicação, mesmo que as pessoas atuem de forma diferentes, o seu objetivo é o mesmo o que facilita o diálogo e faz com que tudo funcione de uma só forma. 

 

Esse é o caso da maioria dos negócios, afinal, algo mais amplo como o descarte de lixo eletrônico, pode abordar uma grande variedade de perfis, mas o objetivo é sempre o mesmo: fazer o descarte da forma correta e consciente. 

 

Dessa maneira, você pode ter apenas um canal de comunicação e abordar uma linguagem que se adapte a sua marca, independente das características de cada pessoa, a necessidade é a mesma o que faz com que todos tenham algo em comum. 

 

Existe uma linguagem específica para cada público?

 

Se você possui diferentes públicos, saiba se adaptar a eles, não existe uma linguagem específica ou característica para cada empresa, é preciso conhecer seus consumidores e criar sua identidade própria e se comunicar da maneira que achar mais eficiente. 

 

Em caso de múltiplos públicos, busque se aperfeiçoar e corresponder a cada um deles de forma individualizada, procure se adaptar independente dos públicos. 

 

O que achou do texto de hoje? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares caso tenha gostado, até a próxima!

 

Esse artigo foi escrito por Iago Lourenço, criador de conteúdo do Soluções Industriais

Compartilhe